03 ago

As vantagens de ser (in)visível – Ali Dias

No dia 29 desse mês, é celebrado o dia da visibilidade lésbica. Coincidência ou não é o mês do meu aniversario também. Assim como as outras datas no calendário anual, ela passa desapercebida pela maioria das pessoas, por que se restringem a um público considerado minoria, pela maioria.

Eu nasci dia 18, isso mesmo, faltam somente 17 dias. Viva! Fazer aniversário no meio do ano e em agosto é sofrer bullying na escola gente, rsrs, mas nosso assunto é outro aqui hoje. Qual a vantagem de ser invisível? Nós lutamos tanto por visibilidade, todos os dias tentamos nos reafirmar. O que meu “níver”, tem a ver com isso? Oras, eu também faço parte desse arco-íris, há um bom tempo, e conheci como muitas de nós os dois lados.

Quando somo invisíveis – não dizemos nossa orientação abertamente, ou ainda, não nos assumimos – assumimos algumas “caricaturas” que a sociedade nos impõem. Se eu não digo nada, certamente eu deva ter algum “namoradinho” por ai, mas na maioria das vezes, nós temos medo das reações.

Assumimos para nós mesmas que sermos invisíveis será mais fácil. Mas, não é. Nem será mais fácil. Não existe vantagem em não sair do “armário”, exceto em casos que não se tem como se subsidiar, ou que atente contra a vida humana, como em alguns países, mas ainda assim, com todos esses fatores, não é fácil, ser todo dia quem verdadeiramente se quer ser. Assumir o amor por alguém do mesmo sexo foi uma das coisas ais difíceis que já fiz até hoje. Alguns tem sorte de não ser invisíveis por muito tempo ou tempo algum, outros passam por isso até certo tempo, outros passam a vida toda vivendo conforme a “caricatura” pede.

As vantagens de ser visível andam lado a lado da não vantagem. Deixar de ser a “Senhora Fantástico” – olha a referência (rsrs), é sem sombras de dúvidas a melhor parte. Você pode sair de mãos dadas, você pode voltar seus olhos com amorosidade para a pessoa amada, pode fazer programas de casal sem precisar ser “amiga”, e isto é somente uma fina camada de possibilidades.

Mas sabe o que é o mais fundamental e que me faz estar feliz e satisfeita por deixar de ser invisível? Me levantar pela manhã, olhar no espelho e ver que meu reflexo é visível verdadeiramente. Quando você se levanta pela manhã, ao olhar no espelho, você se vê?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: