08 jun

A saga de uma “sapa” na Universidade – Ali Dias

 

            Imaginem-se numa situação na qual, você é a única amiga lés, em um grupo de cinco garotas e um garoto! Como lidar? Você entrou na sala de aula e não avistou ninguém da sua “espécie”, ou ainda, você não sabe como introduzir o assunto da sua orientação. Para algumas pessoas, vai ser tranquilo, mas existem outras que não se sentiram confortáveis o suficiente para falar de si.

            Eu sou aquela que analisa o terreno, colho informações, preparo a cama e vrau! Digo de uma vez, sem esperar reações. Foi assim que aconteceu, estávamos na mesa da cantina e elas falavam e falavam sobre quantos homens bonitos tinha a universidade, e estava enfadada e disparei, quando virem uma garota bonita me avisem, por favor.

Quando eu confirmei em alto e bom som, Sim! Sou lésbica. Fui bombardeada por todas aquelas perguntas que sempre nos fazem quando assumimos. No decorrer do convívio, você percebe que as pessoas, muitas vezes, não vão se chocar, ou se afastarem, ao contrário, te surpreenderão com muitas piadas bobas: – “Miga, tenho uma amiga que é, quer que eu te apresente?” – ou ainda – “Amiga, como é?” – o que se percebe aqui, é o respeito que tem por nós.

Claro Ali, pode ser assim, isso aconteceu/acontece comigo, mas não são todos assim. É, realmente, eu concordo com você, porém, há um ponto aqui muito especial, como você trata esse assunto?

Cabe a você, a mim atribuir o valor que queremos a aquilo que queremos dizer ao outro. Isto pode ser negativo ou positivo. Tratar o assunto de maneira natural, é algo positivo. Até dei certa banalidade ao assunto, não foi uma conversa tensa. São necessárias por vezes, mas ainda, podemos a tornar fácil. Não é um fardo gostar de alguém do mesmo sexo, um fardo seria não amar.

Minha saga, é leve, é cultivada com humor, sem ferir o outro, é respeitosa, é dinâmica, extrovertida, é curiosa, todos os dias podemos descobrir algo novo, em mim, em você, no outro além de nós, E a sua como é?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: